In this podcast, Ricardo talks about the challenges of resource allocation and explains a technique based on the allocation of generic skills (or positions) needed for the project.

Download

Ouça a versão em Português


Comments

  1. Márcio Gomes says:

    Dicas valiosas Ricardo, muito úteis para minimizar o tempo dispendido na elaboração da planilha de recursos, ajuda bastante na compreensão e posterior aplicação depois de aprovado pelo Project Boss.
    Valeu !!!!

  2. Lázaro Soares, São Luís - MA says:

    Grande contribuição, todavia, creio que pode ser utilizada exclusivamente na fase de planejamento da aquisição, visto que na execução já deve está bem claro quem fará que atividade! Sensacional a dica, irei aplicá-la e futuramente espero contribuir para a melhoria desta metodologia!

  3. Ouvindo este podcast notei que não uso como praxe detalhar o recurso ao
    nível de nome justamente para não perder a facilidade de nivelamento. Em
    tarefas especificas prefiro nomear o recurso em coluna separada.
    Obviamente os projetos que normalmente atuo são industriais e com recursos
    “similares” ou pool como o Vargas mesmo cita.

    Mas mesmo em casos mais específicos prefiro manter o genérico pois fica mais fácil de lidar com uma superalocação e reagendamento.

  4. Reges Resende says:

    Pode se notar que realmente a capacidade idividual não poder ser substituida, mesmo que você faça parte de um Pool recursos na hora da execução você será lembrado pelo gerente de projetos

    Desta forma faça a diferença!!!

  5. FRANCISCO TAVARES says:

    RECURSOS GENERICOS

    quem vai fazer o que???

    utilizaçao do recurso generico – funçao especifica – precisamos do cargo e da funçao

    o recurso especifico é locado ao recurso generico

Leave your comment ( * Required fields )

Disclaimer
We reserve the right to exclude any comment with offensive, pejorative, promotional or out of the context content. Read the full disclaimer.