Rate:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars 9 vote(s)
Loading ... Loading ...
7 Comments

In this podcast, Ricardo talks about the relationship between suppliers and customers, the process of procurement management and claims. He explains that often the claim generates a discomfort between the parties and that the best way to avoid this problem is to plan the project in the best possible way, defining in detail the scope and trying to document all the changes during the project.

 
[6:24m] Download

(This podcast is also avaiable in Brazilian Portuguese. Listen to the Portuguese version)

Generate PDU Report

  1. Muito bom este tema! Tive problemas com uma agencia que representava um cliente o qual não entendia o conceito de “controle de escopo”, e deixava passar qualquer “creep” sem o menor filtro. Somente quando estava na iminência de “entregar os pontos” é que pude fazer eles entenderem que a melhor saída era a do “trabalho em conjunto”. Aih, deu certo.
    Comunicação e relacionamento/negociação são a chave! O resto é técnica.

  2. Amélia says:

    Achei muito pertinente o assunto.
    A questão de preservar o relaciomento das pessoas e saber que, se partirmos para um processo judicial a fim de resolvermos problemas, o cronograma do projeto já foi por água abaixo.
    É realmente um perde/perde.

  3. Belo podcast.

    Ao invés de usar o termo Aquisições, eu particularmente uso o termo Parceria!

    Essa simples mudança em uma palavra já muda bastante o relacionamento entre cliente e fornecedor!

  4. Eduardo Spinosa says:

    Acho interessante observar que sempre que falamos em aquisições e pleitos, nos colocamos na posição de cliente que necessita administrar um fornecedor. Mas como gerentes de projetos temos um produto/serviço a entregar à alguem, e nessa circunstância passamos à fornecedores. Ou seja, todas as dicas apresentadas aqui podemos utilizar para tratar as mudanças de escopo em nosso projeto junto a nosso cliente. Tenho visto alguns gerentes pleiteando exatamente como descrito, e chegando a um confronto com o cliente final, utilizando isso como justificativo muitas vezes para encobrir uma administração mal feita do projeto que levou a um aumento do custo ou prazo.

  5. Marcus Privato says:

    O Gerrenciamento do Escopo precisa de atenção especial, os fornecedores se utilizam dos pleitos, para inverter os os papeis, em alguns casos os custos das alterações solicitadas em pleitos são extremamente absurdos, onde em uma negociação normal não seria efetuada.

  6. FRANCISCO TAVARES says:

    Relação Cliente x Fornecedor

    Pleitos – reinvindicaçao para justificar a variaçao do escopo.
    O porque do pleito => alterações no escopo>onus; riscos naturais>onus (tempo, prazo).

    Melhor planejar seu escopo>reforçar o escopo>prevenção;
    Documentação>registros em atas, e-mails, reunioes;
    Relacionamento>o cliente e o fornecedor não podem ser inimigos=relaçao cibiotica;

Leave your comment ( * Required fields )

Disclaimer
We reserve the right to exclude any comment with offensive, pejorative, promotional or out of the context content. Read the full disclaimer.